Os melhores tratamentos para queda de cabelo


1

É extremamente normal perder alguns fios de cabelo diariamente (cerca de 100 a 150 fios), no entanto é considerada como queda excessiva, quando nota-se a perda de mais de 150 fios por dia, podendo ser notada ao lavar os cabelos, na hora de penteá-lo.

O que provoca a queda de cabelo?

A queda de cabelo pode ocorrer por vários motivos, sendo os principais:

  • Alterações hormonais: alguns hormônios, quando estão em desequilíbrio no organismo podem provocar a queda excessiva dos fios;
  • Ansiedade e estresse: a ansiedade e o estresse elevam os níveis de adrenalina e cortisona no organismo, que impedem o crescimento dos cabelos. Traumas recentes ou alguma coisa que elevou seu nível de estresse e ansiedade pode acabar provocando a queda excessiva dos fios;
  • Deficiência nutricional: alimentar-se bem é essencial para manutenção da saúde dos cabelos. Acontece que, o couro cabeludo é altamente irrigado pela circulação sanguínea e, os nutrientes transportados pelo sangue, são absorvidos pelos fios. Vários desses nutrientes (proteínas, lipídeos, zinco, ferro e água) fazem parte da composição dos fios, por isso, a deficiência desses nutrientes podem retardar o crescimento e acelerar a queda dos cabelos.
  • Anemia: a anemia causada pela deficiência de ferro no organismo pode provocar a queda de cabelo, já que o ferro é um nutriente que auxilia na oxigenação dos tecidos, dentre eles, o couro cabeludo.
  • Infecção por fungos: a infecção por fungos do couro cabeludo, pode provocar a queda dos cabelos;
  • Causas genéticas: a queda de cabelo pode ter motivos hereditários, podendo ser herdada dos pais;
  • Uso de medicamentos: alguns medicamentos podem favorecer a queda de cabelo, dentre eles os medicamentos para combater o câncer, a heparina, varfarina, isotretinoína, betabloqueadores, lítio, propiltiouracila, carbimazol, anfetaminas, colchicina, acitretina, amiodarona, antibióticos (gentamicina, penicilina).
  • Pós-parto: após o parto acontece uma diminuição do nível hormonal, que pode provocar a queda dos cabelos;
  • Fumar: estudos mostraram que a nicotina é capaz de reduzir o diâmetro dos vasos sanguíneos periféricos, diminuindo a irrigação sanguínea no couro cabeludo. Isso impede a absorção dos nutrientes essenciais para manutenção dos fios, levando a queda;
  • Algumas doenças: doenças como, por exemplo, o hipertireoidismo, hipotireoidismo, alopécia areata e o lúpus;
  • Agredir os fios: Fazer uso de produtos químicos e prender o cabelo muito rente ao couro cabeludo, pode danificar os fios e provocar a queda.

1 – Medicamentos de tratamento para queda de cabelo

Minoxidil 5%

O minoxidil é um medicamento com ação vasodilatadora que, no passado, era utilizado como tratamento da hipertensão. Porém, com o passar do tempo, descobriu-se que o uso do minoxidil tinha como um dos principais efeitos colaterais a estimulação do crescimento dos cabelos.

Nas primeiras semanas tratamento para queda de cabelo com Minoxidil, você pode notar um aumento da queda, mas não se desespere! Acontece que, ocorre uma renovação no ciclo de crescimento dos fios. Os fios mais “velhos” caem, permitindo que fios mais “novos, fortes e grossos ocupem seu lugar.

2 – Shampoos para queda de cabelos

Apesar de serem apenas cosméticos e não contarem com níveis de absorção capazes de interferir em nosso organismo, alguns médicos dermatologistas prescrevem shampoos à base de coco para auxiliar nos tratamentos da queda de cabelo.

Acontece que, o ácido caprílico e o ácido láurico presentes no coco agem impedindo a produção de 5-alfa-redutase, sem causar prejuízos ao organismo.

3 – Tratamento para queda de cabelo com intradermoterapia

A intradermoterapia capilar, ou MMP (Microinfusão de Medicamentos no Couro Cabeludo), é um dos tratamentos para queda de cabelo, em que é aplicado substâncias ativas no couro cabeludo, através de pequenas agulhas.

O método também ajuda a nutrir os fios por contar com elevadas concentrações de vitaminas e minerais, além de estimular o crescimento capilar. É uma técnica que promete ótimos resultados!

Como funciona a intradermoterapia?

No tratamento da intradermoterapia é realizado com a aplicação de várias microagulhas que penetram e injetam, superficialmente, no couro cabeludo, pequenas porções do medicamento. Esse medicamento é composto por uma associação de fármacos com ação vasodilatadora, que agem fortalecendo o bulbo capilar e estimulando a produção de colágeno na região aplicada.

É importante frisar que, é extremamente necessário procurar uma assistência médica especializada para realização do tratamento. Isso porque, é comprovado que um tratamento, feito da maneira correta, acompanhado por um profissional qualificado, diminui significativamente os riscos do desenvolvimento de infecções no couro cabeludo, já que se trata de um método invasivo, que requer exposição.

Quais os benefícios da intradermoterapia?

Um dos principais benefícios do tratamento é sua rápida resposta, já que o medicamento não é metabolizado pelo organismo, se mostra mais eficaz e seletivo, reduzindo significativamente os riscos e possíveis efeitos colaterais.

A intradermoterapia, é um dos tratamentos para queda de cabelo que também se revela bastante eficaz em cabelos que passaram por químicas pesadas, como por exemplo as descolorações e alisamentos. Isso acontece, porque a aplicação local estimula a produção de vitaminas e nutrientes indispensáveis para a formação dos fios.

Os principais benefícios são:

  • Controlar e reduzir a queda capilar;
  • Diminuir a alopecia androgenética;
  • Estimular o crescimento do cabelo, acelerando-o;
  • Estimular a produção de novos fios;
  • Recuperar a estrutura da haste capilar;
  • Encorpa os fios, deixando-os mais densos e com volume.

Qual a duração da intradermoterapia?

A duração do tratamento dependerá do nível de dano aos fios. Também é bom saber que, em casos mais graves, o médico pode aliar às aplicações, um tratamento com medicamentos orais, com o propósito de potencializar os resultados.

4 – Vitaminas para crescimento capilar

Vitaminas para crescimento capilar ajuda de forma surpreendendo no crescimentos dos seus cabelos.

Vit Hair é vitamina em forma de ursinho em goma ZERO AÇÚCAR uma delícia.

Vitamina A
Vitamina C
Vitamina D3
Vitamina B7 (Biotina)
Vitamina B5 (Ácido Pantotênico)
Vitamina B6
Vitamina B12
Vitamina E
Vitamina B9 (Ácido Fólico)

Aroma natural de frutas vermelhas, corante natural antocianina, sorbato de potássio, glaceantes óleo de palma e cera de carnaúba.


Like it? Share with your friends!

1